Cidade baixa – Sérgio Machado

por inquietar

Sinopse: Deco (Lázaro Ramos) e Naldinho (Wagner Moura) se conhecem desde garotos, sendo difícil até mesmo falar em um sem se lembrar do outro. Eles ganham a vida fazendo fretes e aplicando pequenos golpes a bordo do Dany Boy, um barco a vapor que compraram em parceria. Um dia surge Karinna (Alice Braga), uma stripper que deseja arranjar um gringo endinheirado no carnaval de Salvador a quem a dupla dá uma carona. Após descarregarem em Cachoeira, Deco e Naldinho vão até uma rinha de galos. Naldinho aposta o dinheiro ganho com o frete, mas se envolve em confusão e termina recebendo uma facada. Deco defende o amigo e ataca o agressor, mas os dois são obrigados a fugir no barco, rumo a Salvador. Enquanto Naldinho se recupera, Deco tenta conseguir dinheiro para ajudar o amigo. Ao chegarem em Salvador a dupla reencontra Karinna, que está agora trabalhando em uma boate. Aos poucos a atração entre eles cresce, criando a possibilidade de que levem uma vida a três.

Meu comentário sobre o filme: A primeira vez que eu vi esse filme foi na globo e mesmo passando de madrugada eles acharam por bem cortar algumas sequências mais picantes. Quando vi de novo, na tv a cabo, tomei um susto: era praticamente outro filme. 😉

Mas enfim, por motivos que até eu mesma desconheço, acho esse um dos filmes mais calientes do cinema nacional. O trio de protagonistas têm muita química e dá para ver faíscas nas cenas picantes do triângulo amoroso. E é basicamente isso, uma história sob certo ponto de vista bem comum enriquecida por três interpretações fantásticas (Lázaro Ramos e Wagner Moura estão ótimos, mas a Alice Braga está sensacional) e um cenário exótico. Lembro de ter lido uma crítica que reclamava do final aberto do filme. O crítico citava isso como falta de criatividade da produção. Particularmente eu não vi assim: o final aberto me agradou muito e acabou dando a história algo de verossímil. Eu, que esperava um final dramático com alguma lição de moral embutida, gostei da surpresa. Acho que vale a pena assistir e vale também aquela ressalva de não convidar seu tio caretão para ver junto por causa das cenas de sexo. 

Anúncios